Chesf anuncia que vazão da Barragem de Sobradinho (BA) segue em 4.000 m³/s por tempo indeterminado

A vazão da água na Barragem de Sobradinho (BA) será mantida em 4 mil metros cúbicos por segundo por tempo indeterminado. A medida foi adotada por causa do aumento do nível da água no Rio São Francisco e a previsão de mais chuvas nas próximas semanas no norte de Minas Gerais, onde nasce o rio, e na Bacia do São Francisco.

A decisão foi tomada, após reunião entre gestores da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), do operador nacional do sistema, da Agência Nacional de Águas e do Comitê da Bacia Hidrográfica do São Francisco.

As prefeituras de cidades vizinhas foram informadas sobre a manutenção da vazão de água e devem mobilizar os moradores para que não haja problemas por causa da cheia no rio.

Mesmo com o volume de vazão mantido, a quantidade de água que entra na barragem ainda é seis vezes maior que a quantidade que tem saído. A Barragem de Sobradinho opera atualmente com um volume útil de 68,95%.

Há cerca de duas semanas, as comportas do reservatório de Três Marias, em Minas Gerais, foram abertas para controlar a subida do nível de água no reservatório. A medida de manter a vazão em 4 mil metros cúbicos por segundo também foi adotada pela Chesf na Usina do Xingó, na fronteira entre Alagoas e Sergipe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): Suspeito de tentativa de furto a farmácia é preso pela Guarda Civil 

Um homem suspeito de tentar furtar uma farmácia no centro de Juazeiro (BA) foi conduzido à…