Caso Beatriz: No marco dos 700km de caminhada, Lucinha encontra Mirtes , mãe de Miguel Otávio; veja o vídeo

Lucinha  Mota completou 700km de caminhada nesta terça-feira (28), e está perto de chegar no  Palácio das Princesas, na capital pernambucana, pedindo justiça pela morte da filha.

Quem abraçou a causa foi Mirtes Renata de Souza, mãe de Miguel Otávio, de 5 anos, que morreu ao cair de um prédio de luxo, no Recife, em 2020.  Ela se encontrou com Lucinha num trecho da rodovia e segue a pé em apoio à manifestação .

” No marco dos 700km encontramos uma outra lutadora, Mirtes, mãe de Miguel, que vem tantando garantir a Miguel um inquérito justo. Esses 700km são por todas as mães de Pernambuco que lutam para garantir aos seus filhos um inquérito e um processo justo”, disse Lucinha.

Lucinha Mota saiu a pé de Petrolina (PE) no dia 05 de dezembro com destino a Recife. A manifestação  vai em busca de respostas sobre o assassinato da filha, Beatriz Angélica Mota, morta  em 10 de dezembro de 2015 dentro do tradicional Colégio  Nossa Senhora Auxiliadora,  no centro de  Petrolina (PE).

A ato  tem como  objetivo  pressionar o Governo do Estado de Pernambuco a aceitar a cooperação dos peritos americanos ou contribuir para a federalização das investigações do assassinato  de Beatriz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Acidente de trânsito deixa vítima em estado grave na BR 110, em Ibimirim (PE)

Na segunda-feira (17), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) atendeu a um acidente do tipo co…