Caso Beatriz: Deputada Gleide Ângelo diz que vai aguardar audiência pública para se posicionar sobre CPI

A deputada estadual Gleide Ângelo se manifestou sobre a tentativa de instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito na Assembleia Legislativa para apurar as circunstâncias do assassinato da menina Beatriz Angélica na Assembleia Legislativa de Pernambuco. A legisladora vem sendo cobrada pelos seus pares para assinar o pedido de criação do colegiado. A ex-delegada da Polícia Civil afirma que vai aguardar a realização de uma Audiência Pública na Alepe, no dia 10 de fevereiro do corrente ano, às 09h30, a fim de esclarecer possíveis polêmicas e questionamentos a respeito das circunstâncias que motivaram o assassinato.

“Acerca da instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito na Assembleia Legislativa para apurar as circunstâncias do assassinato da menina Beatriz Angélica, a Delegada Gleide Ângelo informa que será realizada uma Audiência Pública na Alepe no dia 10 de fevereiro do corrente ano, às 09h30, a fim de esclarecer possíveis polêmicas e questionamentos a respeito das circunstâncias que motivaram a morte brutal da criança. Desta audiência, serão esclarecidos aos parlamentares os aspectos técnicos do caso. Destaca-se, ainda, que ao menos 35 parlamentares também aguardam a realização desta sessão para esclarecer pontos relativos ao fato, principalmente quanto ao inquérito policial concluído – que já se encontra com o Ministério Público do Estado”, afirmou, por meio de nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco registra, nesta quinta-feira (19), cinco mortes e 115 casos de Covid-19

Pernambuco notificou, nesta quarta-feira (19), cinco mortes por Covid-19 segundo balanço d…