Caruaru (PE): Empresário é preso, suspeito de compartilhar imagens pornográficas de filha e sobrinha da esposa

A Polícia Federal prendeu na quarta-feira (1º) um empresário de 39 anos suspeito de armazenar imagens e vídeos contendo pornografia infantil, em Caruaru (PE). Nas buscas da Operação Kraken, deflagrada PF, foram apreendidos dois aparelhos celulares na residência do investigado.

Os mandados de busca e apreensão e de prisão temporária em desfavor do empresário foram expedidos pela 3ª Vara da Justiça Estadual de Caruaru.

Segundo a Polícia, os indícios encontrados são de que o empresário tenha produzido, compartilhado imagens com cenas de sexo explícito ou pornográficas que envolviam filha e sobrinha da atual esposa, crianças do seu meio familiar.

O empresário é suspeito também de cometer estupro de vulnerável. A oitiva das mães das vítimas será feita ainda essa semana e o preso será enviado para a audiência de custódia, nesta quinta-feira (2).

O objetivo da operação é reprimir o estupro de vulneráveis, compartilhamento, produção e publicação de arquivos na internet contendo cenas pornográficas envolvendo criança ou adolescente.

As investigação foram iniciadas em 2020 pelo Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal em Pernambuco, a partir de informações repassadas pela organização não governamental National Center for Missing & Exploited Children, sediada nos Estados Unidos.

O nome da operação, Kraken, faz referência a um ser mitológico que arrancava o rosto de suas vítimas e arrastava para as profundezas abissais do mar. (Folha PE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Possibilidade é de chuva passageira nesta terça; confira a previsão do tempo para Petrolina (PE)

Segundo o Climatempo, há possibilidade de chuva passageira para esta terça-feira (5) em Pe…