Bolsonaro inclui perícia médica do INSS entre atividades essenciais

0

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) incluiu a perícia médica do INSS no rol de serviços essenciais, que não podem ser interrompidos durante o combate à pandemia do novo coronavírus.

Perícias de benefícios destinados aos deficientes (BPC), aos idosos com mais de 65 anos, aposentadoria da pessoa com deficiência (por tempo de contribuição) e para os benefícios por incapacidade (ambos de natureza previdenciária) foram colocados como essenciais em decreto 10.292/20 publicado nesta quinta (26) pela Presidência da República.

No entanto, as agências do INSS estão fechadas até, pelo menos, 30 de abril e a análise virtual de requerimento de benefícios por incapacidade ainda não foi colocada em prática. Ela depende da aprovação do Congresso Nacional, que ainda não analisou a proposta.

Segundo o INSS, a análise pericial que pretende implantar será só com o atestado médico do trabalhador doente. A ferramenta para envio do atestado médico, porém, ainda será disponibilizada no Meu INSS.

“Aos segurados que ainda precisam marcar uma perícia, esclarecemos que o agendamento pode ser feito normalmente pelo Meu INSS ou pelo telefone 135″, esclarece, em nota.”O segurado deve aguardar a disponibilização da ferramenta no Meu INSS para o envio do atestado”, completa o INSS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Novo isolamento social vai alterar funcionamento do transporte coletivo em Petrolina

As novas medidas de isolamento social para tentar reduzir o número de casos da covid-19 em…