Atestado de Vida e Frequência Acadêmica será exigido dos beneficiados pela Bolsa Permanência do MEC a partir de hoje (20) na Univasf

0

A Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Proae) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) adota, a partir de hoje (20), um novo método de acompanhamento do Programa Bolsa Permanência, do Ministério da Educação (MEC). Os beneficiados pelo programa deverão preencher, semestralmente, dois documentos: Atestado de vida e Frequência acadêmica. O primeiro prazo para a entrega dos documentos é até o dia 6 de dezembro. Os estudantes que não atenderem à solicitação terão suas bolsas suspensas até que regularizem a situação.

Os dois formulários a serem preenchidos encontram-se neste link. A frequência acadêmica dos beneficiados pelo Bolsa Permanência deverá atestar no mínimo 75% de presença e ser assinada, com nome e matrícula Siape, pelos professores das disciplinas em que os bolsistas estejam matriculados. O discente deve assinar o atestado de vida conforme consta no seu documento de identidade. Os estudantes deverão entregar os documentos presencialmente na Proae ou no Serviço de Informações ao Cidadão (SIC) de qualquer um dos campi, para que sejam encaminhados à Proae posteriormente.

Esta nova forma de supervisão visa um melhor acompanhamento dos bolsistas, assim como a prevenção de fraudes e o pagamento indevido de bolsas. O discente receberá um e-mail encaminhado pela Proae com demais orientações sobre este procedimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Grávidas podem transmitir Covid-19 para seus bebês, diz estudo

Mulheres grávidas e infectadas com a Covid-19 podem transmitir o vírus para seus bebês, de…