Após morte de Beatriz, aulas voltam no Colégio Maria Auxiliadora e direção emite nota sobre o caso

Após 4 dias do assassinato de Beatriz Angélica Mota, 7 anos, crime este que chocou a comunidade petrolinense, as atividades voltaram ao normal no local nesta segunda-feira (14).

Segundo informações de uma funcionária da instituição, o sentimento de tristeza estava exposto no olhar e na face de cada aluno.

Em nota, a direção do Colégio Maria Auxiliadora revela que está ajudando a polícia com as investigações e lamentou o ocorrido. confira:

nota

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Agricultor é assassinado com tiro de calibre 12 no rosto na zona rural

Um agricultor  identificado como  João Carlos Honorato,  de 30 anos de idade,  foi assassi…