Antonio Coelho defende realização de audiência pública para apurar queda do teto no Hospital da Restauração em Recife (PE)

Diante do lamentável incidente no Hospital da Restauração, que chocou a todos os pernambucanos na tarde de ontem, o deputado estadual Antonio Coelho defendeu, na manhã desta terça-feira (3), a realização de uma audiência pública para apurar os fatos. A proposta foi apresentada pelo líder da bancada de oposição durante reunião da Comissão de Administração Pública da Casa. O parlamentar destacou a urgência de se debater e tratar com seriedade a situação frágil e deficiente da saúde pública em Pernambuco. No entanto, apesar da relevância do assunto, a propositura do parlamentar foi derrotada pelos deputados governistas integrantes do colegiado; contou, apenas, com a posição favorável do deputado Romero Sales Filho, também integrante da bancada de oposição.

Embora o pedido tenha sido negado, o deputado Antonio Coelho vai seguir defendendo a medida em outras comissões e até no plenário da Casa. Em defesa da realização audiência pública, o parlamentar ressaltou que as cenas lastimáveis da queda de parte do teto no maior hospital público de Pernambuco em cima de pacientes, acompanhantes e equipe médica só escancararam uma realidade sabida por todos: as precárias condições estruturais e as péssimas condições de trabalho a que são submetidos os funcionários das unidades de saúde do estado.

“O incidente no Hospital da Restauração não pode ser normalizado e esquecido como tantos outros já foram. Esse incidente tem que servir como fator de mobilização para a melhoria da gestão do hospital. O sofrimento dos pacientes não pode continuar invisível”, destacou o deputado Antonio Coelho, para quem é imprescindível a apuração dos fatos e a responsabilização dos envolvidos.

O líder da oposição também afirmou que a audiência pública é um espaço adequado de escuta, no qual, além de apontar os problemas, é possível debater junto com a sociedade soluções para as incessantes dificuldades e transtornos na rede de saúde pública estadual. A suplementação orçamentária e a contratação de mais funcionários foram sugestões apresentadas pelo parlamentar, que também destacou a necessidade imprescindível e inadiável de melhoria e modernização da gestão na saúde pública pernambucana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

América Latina: Primeiro caso de varíola do macaco é confirmado na Argentina

O primeiro caso de varíola do macaco foi confirmado na América Latina na sexta-feira (27).…