Aécio diz que neste ano, 1º de maio ficou conhecido como ‘dia da vergonha’

aecio

Em vídeo publicado nas redes sociais nesta sexta-feira, 1, o senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG), voltou a criticar o fato de a presidente Dilma Rousseff não ter se pronunciado na TV à respeito do Dia do Trabalho.

“Este 1º de Maio vai ficar conhecido como o dia da vergonha, o dia que a presidente Dilma se acovardou e não teve coragem de dizer aos trabalhadores brasileiros porque eles vão pagar o preço mais duro desse ajuste”, disse Aécio, antes de participar da comemoração da data no evento organizado pela Força Sindical, em São Paulo.

Na gravação, o tucano acusa a petista de ter sido “irresponsável” e de deixar como legado para os trabalhadores a alta da inflação, o aumento do desemprego e o baixo crescimento da economia.

1 Comentário

  1. Rafael

    2 de maio de 2015 em 18:18

    É o único cão do PSDB que continua a ladrar! Os outros caciques do PSDB estão quietinhos nas deles, com certeza traçando seus planos para 2016 e 2018, deixando que este senadorzinho nota zero fique se desgastando sozinho, choramingando como menininho que não sabe perder! Mas em partes devo concordar com este senhor, foi realmente uma vergonha o que o governador do paraná fez com os trabalhadores da educação dois dias antes do 1º de Maio!

Veja também

Danilo elege Brasília Teimosa em Recife (PE) para 1º ato oficial da campanha nesta terça (16)

Uma grande caminhada pelas ruas do simbólico bairro de Brasília Teimosa, no Recife, marca …