Acusado de matar jovem Alisson Dantas em Petrolina, é condenado a 12 anos de prisão

A justiça condenou Reziélio Alves de Almeida a 12 anos de prisão em regime fechado pelo assassinato do jovem Alisson Dantas, de 19 anos, ocorrido em 2015, no bairro Quati, em Petrolina (PE). Na época, o acusado justificou que matou a vítima com golpes de facão porque ele usava a sua rede de internet Wi-fi.

O jovem Alisson chegou a ficar internado no Hospital Universitário (H.U) por cinco dias, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. Reziélio ficou foragido por quase três anos e foi preso em maio de 2018, na cidade de Ponta Grossa, no Paraná.

Parentes e amigos da vítima acompanharam a audiência online no Fórum de Petrolina, pois o réu está preso no Paraná.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Salgueiro (PE): Homem é autuado pelo porte de 90 comprimidos de “rebite” na BR-116

Um homem que portava 90 comprimidos de “rebite” foi autuado, na terça-feira (5), na BR 116…