“Acredito em Petrolina e nós ainda teremos dias melhores”, ressalta Guilherme Coelho

0

Na semana de aniversário de Petrolina, continuam as entrevistas com os ex-prefeitos do município no Programa Edenevaldo Alves. “Acredito em Petrolina e nós ainda teremos dias melhores, enaltece o deputado Guilherme Coelho, em homenagem aos 122 anos do município.

Guilherme foi prefeito de Petrolina de 1989 a 1992 e de 1997 a 2000 e entre 2013 a 2016, exerceu o cargo de vice-prefeito.

Na sua campanha onde a cor laranja prevalecia, o Jingle mais conhecido de “sangue novo”, embalava os eleitores do atual deputado, filho de Osvaldo Coelho, que destacou a sua luta pela educação na cidade.

Morando em república e recebendo o diploma de Engenheiro Agrônomo, Guilherme já se sentia vitorioso em ter um curso superior.

“Quando foi em abril de 1988, comprei um veículo para ir às fazendas e levei meu pai ao aeroporto e ele me disse sobre uma eleição e me pediu para ficar atento a essa proposta, eu tinha 25 anos de idade, quando comecei a ter essa vontade de migrar para a política e a trabalhar por Petrolina. Foi uma campanha bonita, não era tão conhecido, Seu Diniz era muito forte na cidade e muito novo, fui conhecendo as pessoas de Petrolina”, contou.

Guilherme Coelho destaca que ao assumir a prefeitura, veio a pergunta: “E agora? O que vou fazer? Já que foi pego de surpresa com o resultado.

“Tinha uma equipe muito boa e conseguimos um bom resultado, não tínhamos obras grandes, mas criamos a Secretaria de Saúde, tinha muito calçamento, postos, praças e terminei sendo um dos melhores prefeito do interior do Brasil. Fui pra revista Veja, Globo, foi uma harmonia muito grande com a população”, ressaltou o ex-prefeito.

No seu segundo mandato, Guilherme ressalta que muitas críticas foram postas entre os anos 1997 a 2000, com a justificativa de que tinha uma oposição “dura” na época.

Uma das marcas da sua gestão, foi a criação do Bodódromo, considerado um dos principais pontos turísticos da cidade e um dos maiores centros gastronômicos do Nordeste. Antes no espaço era um campo de futebol e foi realizado um cadastro de comerciantes para utilização do espaço.

“Minha felicidade foi a construção do Bodódromo, mas o local hoje está muito derrubado, iluminação fraca, mas estou lutando com o Governo do Estado, com o Ministro do Turismo para modernizar o local.”, disse.

“Nossa cidade precisa de uma política para motivar as pessoas, precisamos que as pessoas tenham uma saúde melhor, uma boa educação, morem melhor, isso é prosperidade”, finaliza Guilherme Coelho parabenizando Petrolina.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também