Superintendência Regional da Codevasf abre III Semana do Meio Ambiente em Petrolina

0

semana

Funcionários da 3ª Superintendência Regional da Codevasf, em Petrolina/PE (Sertão do São Francisco), participaram nesta tarde de segunda-feira, 1, na seda da empresa, da abertura oficial da III Semana do Meio Ambiente da instituição, uma iniciativa da Unidade Regional de Meio Ambiente (3ª GRR/UMA). Segundo Gláucia Oliveira, chefe do setor, a Codevasf tem realizado desde 2013 uma programação especial na semana em que se comemora o dia do meio ambiente que é 5 de junho, ações de conscientização ambiental e a importância da preservação do meio ambiente para o cotidiano de cada um.

“No primeiro ano, focamos na questão da diminuição do consumo e desperdícios, como o uso exagerado de copos plásticos e de papel. O resultado foi a adesão de quase 100% dos funcionários que foram se conscientizando com ações simples como adotar uma caneca, copo ou garrafa, para evitar consumo de copos descartáveis que todos sabem que fazem muito mal ao meio ambiente, e em 2014 a nota meta foi a reciclagem com a realização de cursos, oficinas e palestras. Este ano, vamos mostrar a importância da preservação de nosso principal Bioma, a caatinga e reforçar a proteção ao nosso maior patrimônio, o rio São Francisco”, listou Gláucia.

Uma programação também vem sendo realizado pela Codevasf todos os anos dentro da defesa e preservação do rio, através de peixamentos com espécies nativas como pacamã, curimatã e piau. O peixamento é feito pelo Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura do Bebedouro (3º CIB) que integra a estrutura da 3ª SR da Codevasf. Serão colocados 25 mil alevinos das espécies nativas no rio numa ação.

“O repovoamento do nosso Velho Chico é uma das ações que integra a programação oficial do Dia Nacional em Defesa do Rio São Francisco que será comemorado na próxima quarta-feira, 3 de junho, em parceria o Comitê Integrado de Bacias Hidrográficas do São Francisco. A ação começa às 9h na Porta do Rio, orla 1 de Petrolina. Estamos presentes nas ações do dia especial pelo Velho Chico desde o ano passado quando a data passou a ser celebrada oficialmente na Semana Nacional do Meio Ambiente”, acrescentou Glaucia Oliveira.

O gerente regional de revitalização de bacias hidrográficas do rio São Francisco, Elijlama Augusto Bezerra, disse durante a abertura da III Semana do Meio Ambiente da Codevasf que assim como a empresa conquistou a marca da irrigação, ficará conhecida também pelas ações de revitalização do rio São Francisco.

“Temos trabalhado muito nesta causa da revitalização e vamos ser sim, todos Chico como diz o slogan da campanha deste ano do dia 3 de junho. Tenho um agradecimento especial à equipe da UMA, porque através de Dra. Glaucia, tem procurado fazer não o possível, mas o melhor”, disse. O gerente também frisou a importância do 3º CIB nas ações de preservação ambiental.

“Parabenizo o 3º CIB por meio do engenheiro de pesca, Rozzano Figueiredo e de toda a sua equipe que faz um importante papel em estar devolvendo vida ao rio através dos peixamentos simbólicos que temos realizado no nosso Velho Chico. Conclamo a todos a participarem dessa ação como da visita técnica programada ao Cemafauna da Univasf. Um pouco que fizermos pelo meio ambiente, já será muito”, disse Elijalma.

Para o superintendente regional da Codevasf em Pernambuco, João Bosco Lacerda de Alencar, uma das ações mais importantes que a empresa tem feito diz respeito às obras de saneamento, dentro do programa de revitalização do rio São Francisco, mas um tema que poderia ser discutido também na semana especial dedicada ao meio ambiente, é a burocracia dos órgãos ambientais para a liberação de licenças em obras de esgotamento, por exemplo, que além de preservar o rio, beneficiam muita gente.

“Se fossem mais desburocratizados esses processos, a Codevasf andaria mais rápido com obras de esgotamento. Então acho que é valido se discutir uma forma dessas licenças ambientais em obras de esgotamento serem menos burocráticas. Também ressaltou a participação de todos os funcionários, isso demonstra o interesse em cada um dá a sua parcela de contribuição ao nosso meio ambiente”, declarou João Bosco. (Foto: Cinara Marques).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Outubro Rosa: Exposição fotográfica retrata mitos e verdades sobre câncer de mama em Petrolina

Quais os mitos e verdades que envolvem a prevenção e o tratamento do câncer de mama? Muita…