“Quem não quiser receber críticas, fique quieto no seu lugar”, dispara Bispo de Petrolina às pessoas que foram contra a reforma da Catedral

1

bispo

A reforma da Catedral de Petrolina foi motivo para muitas críticas de alguns populares do município, que alegavam que o patrimônio religioso-cultural estava perdendo a sua essência com as mudanças que atenderam desde o ano passado o piso, fachada e janelas.

Em resposta as críticas, Bispo da igreja diocesana petrolinense Dom Manoel dos Reis de Farias, rebateu as pessoas que revelaram suas declarações, alegando que foram ditas algumas inverdades nas opiniões.

“Quem não quiser receber críticas, que que fique quieto no seu lugar. Isso não me incomoda em nada porque tenho compromisso e responsabilidade.Eu e minha equipe trabalhamos para não ferir em nada da Catedral original e só recebemos críticas infundadas”, rebateu Dom Manoel.

Ainda de acordo com bispo, as piores críticas que a diocese recebeu disseram respeito ao piso, que segundo ele já havia sido trocado antes e as janelas que passaram por reparações.

“O piso que estava antes dessa recente reforma não era o original e tem gente dizendo que esmagamos o chão, ele não existia mais. Críticas mais fortes recebemos contra a reforma dos vitrais, disseram que estávamos quebrando a Catedral, não quebramos foi nada, fizemos foi um resgate do projeto de Dom Maria Malan, a prova é grande que a igreja é toda de pedra e aquela parte era só tijolo e barro. Nós tivemos a coragem e deixamos a crítica de lado. Esse projeto foi pensado não a meu favor, mas no bem dos fiéis para termos um templo belo”, finaliza o bispo.

1 Comentário

  1. Maria

    8 de julho de 2016 em 08:40

    Essas reformas são meras vaidades, nada mais que vaidades.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

ANS limita a 10% reajuste de plano de saúde

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) fixou em 10% o índice máximo de reajuste a s…