Projeto pretende Mapear os casos de violência escolar no sistema estadual de ensino em Petrolina

0
projeto
Contribuir com a formação de uma cultura de paz em escolas do sistema estadual de ensino de Petrolina – PE.
Esse é o objetivo do projeto que está sendo coordenado pelo Professor da Facape, Celso Franca e por alunos da instituição, a partir do desenvolvimento de ações socioeducativas baseadas na pesquisa e extensão, tendo como foco a problemática da violência escolar e suas inter-relações com outros tipos de violência.
Este Projeto se constitui uma ação formativa indissociável de pesquisa, ensino e extensão, que pretende despertar a atenção da comunidade universitária e a sociedade civil, para a importância de compreender e intervir, com vistas a reduzir os índices de casos de violência no âmbito escolar no município de Petrolina-PE.

A partir de um levantamento de dados sobre este fenômeno em escolas, serão desenvolvidas ações de caráter sócio-educativas como palestras, exibição de filmes e outras atividades culturais, cujo intuito é sensibilizar estudantes, professores e pais de alunos, a se integrarem no movimento pela cultura de paz nas escolas.
Dados estatísticos através de artigos científicos e ensaios acadêmicos preparam os alunos de pesquisa e extensão, do projeto que pretende atingir às escolas de nível mádio em Petrolina, em Fevereiro de 2016 com os seguintes objetivos específicos:
– Mapear os casos de violência escolar no sistema estadual de ensino no município de Petrolina – PE;
– Identificar os principais fatores que acarretam a violência nas escolas estaduais do município de Petrolina, Estado de Pernambuco;
– Analisar a relação entre poder e dominação como desencadeadora da violência doméstica e escolar, no contexto das escolas pesquisadas;
– Socializar com os professores, estudantes e pais informações sistematizadas sobre a violência escolar, no intuito de demonstrar suas implicações nas comunidades escolares pesquisadas;
– Orientar e acompanhar a formação de grupos de jovens disseminadores da cultura de paz nas escolas de Petrolina – PE;
– Avaliar periodicamente o funcionamento e as ações desenvolvidas pelos grupos formados em cada escola.
O professor Celso Franca diz que “Ao propor ações dessa magnitude de abrangência mundial pela proteção da pessoa humana, nossa luta será no esforço para desenvolver ações que poderão contribuir para a escrita de uma nova história, cuja centralidade passa a ser a cultura de paz”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina sedia 2ª edição do Open Fight Muay Thai será

Com o objetivo de divulgar o Muay Thai no Vale do São Francisco e promover a arte marcial …