Prefeito Julio Lossio desafia oposição e afirma que seu partido irá ganhar as eleições

0

IMG_1862.ULIOJPG

Sucessão! Para o prefeito Lossio (PMDB) essa é uma palavra que está inserida no seu vocabulário pelo menos para a escolha do candidato que irá representar o seu partido nas eleições do ano que vem. Para muitas lideranças políticas esse é o momento de anunciar representantes para a disputa de 2016, para Lossio, mesmo com todas as especulações, antes tarde do que nunca.

Em entrevista ao blog Julio frisou que o seu partido precisa ser fortalecido e revelou que para se disputar uma eleição, é necessário analisar dois sentimentos que ele considera essenciais no cenário político: o de continuidade e o de mudança.

“Nós temos que trabalhar agora para que ocorra a continuidade e não a mudança e para isso, eu tenho conversado com os meus secretários, e um deles sairá candidato, mas para isso precisamos primeiro governar para ganhar”, frisou.

Lossio também comentou sobre o outro lado da moeda. A oposição, assim como o PMDB não anunciou nomes de candidatos, mas confirmaram que entrarão na disputa em Petrolina e garantiram que a disputa será acirrada

“A oposição tem que se movimentar, já que é o papel dela, mas nós entraremos na disputa para acirrar e enfrentá-los de maneira que a gente sempre soube fazer”, argumentou.

Alianças

Vereadores e líderes do PSB têm demonstrado ultimamente estar com ciúmes, quando se trata das conversas realizadas entre Lossio e o deputado estadual Lucas Ramos (PSB), onde muitos já especulam a possível aliança entre PMDB e PSB.

“Nenhum vereador da oposição votou em Lucas Ramos e não precisa essa ciumeira toda. Nós conversamos apenas sobre questões administrativas e os vereadores da situação apoiaram, já que a maioria votou em Lucas e a obrigação do deputado é trabalhar pelo município, mas não descarto a possibilidade de junção com o PSB ou com qualquer outro partido”, revelou.

Especula-se ainda nomes como Ednaldo Lima da Habitação e do secretário de governo Orlando Tolentino como possíveis candidatos. Para Lossio, “o time de secretários é bom, mas vou analisar qual deles irá continuar o meu trabalho sem falhas e pretendo sim formar alianças com outros partidos com a garantia de que vamos ganhar a eleição. Eu desafio a oposição”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Eleições 2018: Lula pode disputar pleito mesmo condenado

Lula recebeu, na segunda (16), do senador Lindbergh Farias (PT-RJ), um parecer jurídico as…