Paralisação da UPE deixa cerca de 3 mil alunos sem aula em Petrolina

0

upe

Cerca de três mil alunos de 10 cursos da Universidade de Pernambuco (UPE), Campus Petrolina, no Sertão do Estado, devem ficar sem aula nesta quarta-feira (20). A paralisação de advertência foi decidida em assembleia entre estudantes, servidores e docentes da UPE, como forma de cobrar melhorias para a instituição.

Segundo a Seção Sindical dos Docentes da Universidade de Pernambuco (Adupe), o foco principal da paralisação é o corte de 45% das verbas estaduais destinada à instituição. De acordo com os dirigentes, se o corte for mantido, não há condições de dar seguimento ao funcionamento da instituição no segundo semestre.

Entre as reivindicações está a autonomia financeira, a reestruturação das carreiras e a realização de concurso público, uma solicitação antiga dos docentes e estudantes para suprir a falta de professores e servidores. Ainda está sendo cobrado melhorias estruturais e a existência de uma política de assistência estudantil eficiente, que atenda de forma satisfatória as necessidades dos estudantes.

Também nesta quarta-feira (20), representantes de todos os campi, incluindo o de Petrolina, vão participar de uma passeata, em Recife, até o Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo do Estado, onde será entregue uma pauta de reivindicações.

Uma nova assembleia está marcada para a próxima quinta-feira (21), para avaliar o resultado do movimento e discutir os próximos rumos da mobilização. (Foto: Yuri Matos).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Em Exu, pipeiros realizam protestos e bloqueiam PE-545

um grupo de pipeiros que realizam o abastecimento de água na zona rural do município do Ex…