Lula faz apelo para que Dilma não deixe passar lei da terceirização

0

lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, na noite desta terça-feira, 14, que não aprovar o projeto de lei 4.330, que libera a terceirização para atividades-fim das empresas, é uma “questão de honra da classe trabalhadora”. Na abertura do 9º Congresso Nacional dos Metalúrgicos da CUT, em Guarulhos, na Grande São Paulo, onde usou seu discurso para novamente defender o governo de sua sucessora e para chamar movimentos sociais e sindicalistas a estarem ao lado de Dilma Rousseff, Lula fez também um apelo para que a presidente não deixe passar o PL.

“Dilma, conte conosco para qualquer coisa mas por favor tente evitar. Ela não é deputada portanto não pode votar essa lei, mas tem que fazer com que o Congresso Nacional respeite as conquistas históricas da classe trabalhadora brasileira”, disse.

Lula afirmou que a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) “com todos os defeitos que tenha” foi “uma conquista do povo brasileiro”. “O que não queremos é que as empresas passem a utilizar quase que mão de obra escrava como no final do século passado. Porque essas conquistas foram com muita luta. Certamente que o Eduardo Cunha e alguns deputados novos não sabem”, disse em referência ao presidente da Câmara, que acelerou a tramitação do projeto.

Muito aplaudido pelos sindicalistas da plateia, Lula adotou um tom enfático ao falar contra o projeto da terceirização – o PL 4330 teve o texto base aprovado na Câmara na semana passada e a apreciação de destaques e emendas prossegue na Casa. (UOL).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Temer comemora aniversário e reúne com aliados neste domingo (24)

O presidente Michel Temer comemorou neste sábado (23) seu aniversário de 77 anos com famil…