Homem é preso com dinheiro falso em Gravatá-PE

0

grana

Um homem foi preso em flagrante na noite da última quarta-feira (15), em Gravatá, no Agreste de Pernambuco, suspeito de produzir cédulas falsas. Tiago Tavares de Lima, de 24 anos, utilizava uma impressora e um computador para confeccionar as notas, as quais vendia por um preço menor. Além do dinheiro falso, também foi encontrado um drone, pequena aeronave que a polícia acredita ser utilizada para monitorar o local.

A polícia chegou ao suspeito após denúncias de que ele estava colocando em circulação cédulas falsas no comércio da cidade. Com a identidade do suspeito, ficou constatado que Tiago tinha antecedentes criminais por uso de entorpecentes e posse ilegal de armas, o que aumentou as suspeitas. Após buscas na residência, os policiais encontraram 39 notas falsas, sendo 15 cédulas de R$ 2, 12 de R$ 5, oito de R$ 10 e quatro de R$ 50, totalizando R$ 370 em notas falsas. Na casa, também foi apreendido R$ 429 em espécie.

Em interrogatório, Tiago afirmou que comprou a impressora e o computador há seis dias para fazer currículos e trabalhos, mas viu no filme “O Homem que Copiava” a ideia de produzir dinheiro falso para vender por outros valores. O drone, segundo o suspeito, teria sido comprado para brincar com o sobrinho. Após ser autuado, Tiago foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), de onde foi levado para o Cotel, em Abreu e Lima, onde ficará à disposição da Justiça.

Esta foi a nona apreensão de cédulas falsas em 2015, totalizando um valor de R$ 11.705 e dez pessoas presas. Em 2014, a polícia prendeu 11 pessoas, com um total de R$ 11.441 em notas falsas. A pena para o crime de fabricar dinheiro falso varia de 3 a 18 anos de prisão. (Caderno 1).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Polícia Federal faz operação contra venda de anabolizantes em seis estados

A Polícia Federal realiza esta sexta-feira (23) uma operação para desarticular três grupos…