Governo de PE sinaliza pagamento e APAMI pode retornar serviços

0

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) reconhece a Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e à Infância (Apami) como parceira na ampliação do SUS na Região do Sertão do São Francisco e informa que, mesmo diante do cenário de dificuldades que atinge todo o país, tem se esforçado para fazer pagamentos à instituição. Nesta terça-feira (9.01), já será feito um repasse financeiro à Associação. A SES reitera, ainda, que tem mantido o diálogo para que a situação seja resolvida de maneira rápida e responsável.
Sobre as emendas parlamentares citadas, elas foram destinadas à Secretaria Estadual de Saúde via Ministério da Saúde (MS) por transferência fundo a fundo. No entanto, é pertinente informar que o MS, através da Portaria N° 3134 de 2013, não permite a transferência destes recursos para unidades que não estejam vinculadas diretamente à Secretaria Estadual de Saúde.
Diante da nota que afirma que a APAMI voltará às atividades, o Blog vem questionar alguns pontos importantes, com o intuito de esclarecer algumas dúvidas e tranquilizar os pacientes, de onde vem às verbas para a instituição? Quanto cabe às esferas federal, estadual e municipal?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

População de rua brasileira deve ficar fora do Censo 2020 do IBGE

Pauta antiga de entidades da área de direitos humanos, a informação sobre o número de pess…