Fernando Filho defende proposta de mudanças para o setor elétrico

0

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, participou do 5º Fórum de Infraestrutura e Logística, do LIDE São Paulo, onde debateu temas da pasta com cerca de 200 empresários e representantes setoriais. No evento, em que também estava presente o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil Maurício Quintella, Coelho Filho defendeu os termos da Consulta Pública do Setor Elétrico que vai até o dia 17 de agosto.

Coelho Filho afirmou que o Ministério de Minas e Energia (MME) colocou na Consulta Pública todas as ideias desenvolvidas nos debates internos com o setor ao longo do último ano: como a alocação correta dos riscos entre os agentes, a racionalidade econômica das propostas, para que o governo possa apoiar exatamente aquilo que for necessário, a migração para o mercado livre levando também os encargos e a responsabilidade pela segurança do setor.

A Consulta foi elogiada pelo professor e ex-ministro José Goldemberg, presidente do LIDE Energia, que ressaltou sua aprovação para as propostas desenvolvidas visando a privatização do setor de distribuição e a criação de um mercado livre de energia.

Ao referir-se às propostas de “descotização” das usinas geradoras, Coelho Filho citou o caso da Chesf, “que sempre foi uma empresa sólida, muito robusta e que teve, de uma hora para outra, numa única medida provisória (MP 579), 91% do seu parque gerador transformado em cotas. Em dezembro do ano passado, nós tivemos que vir a Eletrobrás fazer uma operação de crédito para que a Chesf pudesse honrar os compromissos salariais dos seus funcionários, tendo em vista que o que ela recebe de operação e manutenção é insuficiente para poder fazer frente aos compromissos que assumidos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Sindsemp discute política de atenção básica na UPE

O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina, Walber Lins, participou …