EPTTC, Polícia Federal Rodoviária e Dnit iniciam Operação Calçada Limpa

3

limpa

A prefeitura de Petrolina, através da Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo-EPTTC, Polícia Rodoviária Federal, Dnit-Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transporte e a Segurança Pública iniciam nesta terça-feira (14), a Operação Calçada Limpa. O lançamento será às 8hs na sede do Dnit, localizado na avenida Honorato Viana.

Para os pedestres está cada vez mais difícil transitar nas calçadas. O problema é grave porque em muitos pontos da cidade são os carros que ocupam os lugares destinados as pessoas. Estacionar em local proibido é uma das infrações mais cometidas pelos motoristas em Petrolina. Além de multa, quem comete esse tipo de infração pode ter o carro removido para o pátio. Segundo o Código de Trânsito Brasileiro.

No ano de 2014 a EPTTC aplicou 508 multas. Já no primeiro semestre de 2015 91 multas já foram registradas. A infração para quem estaciona na calçada (passeio) é considerada grave e a multa é de R$127,79 e cinco pontos na carteira nacional de habilitação.
Quando os motoristas resolvem parar em cima da calçada, sobra para o pedestre, que acaba se arriscando e tendo que transitar pela pista de rolamento. Esta situação é frequente, principalmente na região central.

Para tentar reduzir o número de motoristas que param em locais irregulares, agentes de trânsito da EPTTC, fazem a fiscalização e o objetivo é fazer com que todos tenham consciência de que a calçada foi feita para o pedestre caminhar com segurança, não para estacionar automóveis, motocicletas ou qualquer outro tipo de veículo.  (Ascom-EPTTC).

3 Comentários

  1. billyjohw@gmail.com

    14 de abril de 2015 em 10:09

    Outro problema grave é a falta de nivelamento das calçadas em alguns locais, principalmente na avenida 7 de setembro.

    Responder

  2. billyjohw@gmail.com

    14 de abril de 2015 em 10:25

    Entendo a importância da acessibilidade nas calçadas e a organização das vias, evitando abusos. Peço também a compreensão por parte dos órgãos fiscalizadores quanto as empresas. Essas medidas irão comprometer mais ainda o comércio que não passa por bons dias. Muitos comerciantes não dispõem de espaços/estacionamentos para comportar seus clientes.

    Quero parabenizar a Cancão peça sua postura, pela maneira de falar quando foi verificar a rua que margeia o posto cata vento.

    Responder

  3. Ivan Batista

    14 de abril de 2015 em 17:18

    Boa medida mas é bom disponibilizar um numero telefônico para denuncias.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Governo desbloqueia R$ 12,8 bilhões do Orçamento

O aumento da meta de déficit fiscal permitiu ao governo liberar R$ 12,8 bilhões do Orçamen…