Coordenador do Samu do MS é demitido após Angélica e Luciano Huck serem atendidos em hospital

3

samu

Eu aplaudo a rapidez e só quero que esse tratamento seja dado para todos os pacientes, mas o critério que foi usado para eles, posso garantir, não é o mesmo usado para quem precisa e alguém tem que defender o pobre nesse País” disse o coordenador.

O atendimento VIP dado à família dos apresentadores Angélica e Luciano Huck por equipe médica da Santa Casa de Campo Grande/MS revoltou o coordenador do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Eduardo Cury.

De acordo com Cury, o mesmo atendimento não é prestado aos pacientes de Campo Grande e, tanto é verdade, que atualmente cinco pessoas estão em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) aguardando leitos na Santa Casa. 

“A única coisa que peço é que o tratamento dado à família do Huck seja dado a todos os pacientes. Quando levamos pacientes para o hospital, não podemos descer o paciente. Um enfermeiro deve fazer a classificação de risco e avaliar se desce ou não com o paciente. O que me revoltou muito é que temos cinco pacientes esperando leitos”, explicou Eduardo Cury.

PACIENTE INFARTOU

O coordenador do Samu contou o caso da paciente Celina, 53 anos, que sofreu infarto e, desde sábado (23), aguardava por um leito. “Procuramos leitos pelas unidades e a Santa Casa nos informou que não tinha aparelho respiratório, mas fecharam o CTI de transplante cardíaco para colocar a família global porque estava sendo assediada”, criticou.

Eduardo Cury disse ainda que o Samu conseguiu levar a paciente Celina para o Hospital Universitário ontem à tarde, no mesmo horário que estava sendo atendida a família global na Santa Casa e, uma hora depois, ela faleceu. “Não posso afirmar que se ela tivesse ido com mais antecedência seria salva, mas também não posso raciocinar assim. Tenho que oferecer os melhores serviços no menor tempo possível.”, destacou.

“Se não tem pacientes de alta complexidade, eu levaria nas ambulâncias do Samu, com maior prazer, para os hospitais particulares de Campo Grande”, contou o médico, afirmando que, em condições normais, os pacientes devem ser regulados pelo Samu e essa fila não pode ser furada.

COORDENADOR DO SAMU É DEMITIDO

Depois das declarações do coordenador do SAMU na Capital, Eduardo Cury, houve repercussão nacional, segundo o Coordenador, o hospital que atendeu Luciano Huck e Angélica negou atendimento a 6 pessoas na manhã de domingo.

A repercussão foi bombástica para o hospital, em nota responsável pela Santa Casa, lamenta as declarações do coordenador do SAMU, e diz que “Cabe ao regulador municipal, enquanto autoridade sanitária, decidir pela melhor assistência ao paciente. Se estes se encontram na UPA porque o regulador decidiu que diante das circunstâncias, esta unidade é o local disponível mais indicado”, explica. (Foto Reprodução).

3 Comentários

  1. Priscila Carina

    27 de maio de 2015 em 09:28

    É REVOLTANTE! BRASIL… PAÍS DO DESCASO.

    Responder

  2. Fernanda Portella

    27 de maio de 2015 em 20:28

    Todos os cidadãos têm o direito de atendimento de socorro!!! Todos têm que receber o melhor tratamento possível para que não venha a óbito, pelo descaso de um governo corrupto. Não podemos culpar uma família famosa pelo tratamento que tiveram. Essa culpa não lhes cabe!!!! A culpa é de um governo desrespeitoso e ladrão!!! Por outro lado, o coordenador do SAMU, Eduardo Cury, fez um desabafo verdadeiro de indignidade que realmente ocorre em todo o Brasil, pois, é um país que possui uma SAÚDE, uma EDUCAÇÃO, uma SEGURANÇA, FALIDAS!!!! VERGONHOSA ATITUDE de demitir um profissional por se colocar como um cidadão que se revolta com as barbaridades que estão acontecendo sem que esse governo SUJO assuma o compromisso de atender aos direitos de um povo massacrado.

    Responder

  3. vanderlei

    7 de junho de 2015 em 12:02

    O Casal recebeu os primeiros socorros pelo SAMU (governo Federal), e encaminhado para Santa Casa (instituição privada que recebe tambem dinherio do SUS) ou estou equivocado?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Curatela sobre bens de pacientes de Alzheimer será tema de encontro neste sábado (25) em Petrolina

Neste sábado (25), o tema ‘Curatela e Suas atuais mudanças pelo novo Código de Processo Ci…