Comitiva de Rondônia vêm à Pernambuco conhecer Modelo de Gestão

0

Rondonia

A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) recebe a visita de representantes do Governo de Rondônia que procuraram o Estado para conhecer melhor o Modelo de Gestão Todos por Pernambuco e, mais especificamente, o Escritório de Gerenciamento de Projetos (EGP). A comitiva rondoniense está, desde segunda-feira (25), reunida com os gestores governamentais estaduais. A visita será finalizada na tarde desta terça-feira (26).

O EGP faz parte da estrutura da Secretaria Executiva de Gestão Estratégica, da Seplag, e é responsável pelo monitoramento das obras consideradas estratégicas pelo Governo. O primeiro compromisso dos representantes de Rondônia foi uma explicação sobre o Modelo de Gestão Todos por Pernambuco, com o objetivo de contextualizar o papel do EGP dentro do processo.

A gerente geral do EGP, Maria Teresa Araújo, explicou que, no primeiro dia de contato com os gestores de Rondônia, foram repassadas todas as rotinas de trabalho, as ferramentas de gestão e as metodologias utilizadas. “Eles vieram para conhecer especificamente o EGP. Já apresentamos como são monitoradas as obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e das escolas técnicas. Hoje os colegas de Rondônia terão contato mais profundo com as ferramentas de tecnologia que usamos”, afirmou.

Apesar de o foco ser o Escritório, a diretora executiva da Secretaria de Estado e Assuntos Estratégicos de Rondônia, Rosana Cristina Souza, se mostrou bastante interessada em conhecer os Núcleos de Gestão por Resultados. “A atual gestão do Governo de Rondônia está em seu segundo mandato. Já temos um Modelo de Gestão semelhante, porém menor, ao de Pernambuco rodando no nosso Estado, fruto de um intercâmbio direto entre o nosso governador e o ex-governador Eduardo Campos. Estamos aqui para seguir os passos dados por Pernambuco, aprender com os acertos e evitar os erros. Não sabia da existência dos núcleos setoriais e isso nos interessou muito”, disse Rosana.

Nesta terça-feira, os rondonienses conheceram a metodologia de monitoramento dos Pactos Pela Vida, da Educação e da Saúde. “Já recebemos vários Estados e é sempre uma experiência muito positiva. Além da divulgação que é feita do nosso trabalho, há uma troca de experiências que é muito válida. Questionamentos que são feitos pelos visitantes nos ajudam a refletir sobre o nosso trabalho e pensar em melhorias”, ressaltou Maria Teresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Restando apenas detalhes de acabamento, obra da ponte da Avenida dos Tropeiros deve ser concluída na próxima quinta (23)

Está sendo concluído o serviço de manutenção da ponte da Avenida dos Tropeiros, na zona oe…