AMMPLA emite comunicado sobre denuncias de transportes clandestinos durante São João do Vale

0

ammpla-logomarca

A Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) emitiu uma nota sobre as queixas relatadas por leitores em relação ao transporte coletivo, táxis e vans durante o São João do Vale deste ano. Veja na íntegra o que diz o comunicado:

1º –  Conforme já divulgado em todos os meios de comunicação e já praticado desde o primeiro São João do Vale em 2009,  O Município de Petrolina estabelece a frota de ônibus e vans destinada ao transporte público de passageiros (área urbana e rural),  bem como disponibiliza à população todo o sistema de transportes individuais, composto por motos e táxis.

2º – Os veículos que não fazem parte da frota cadastrada no órgão gestor para a finalidade de transportes no município e em especial nos festejos juninos, não estão autorizados a circular, e caso sejam encontrados realizando transporte de passageiros serão notificados e recolhidos ao depósito de apreensão.

3º – Todos os esforços da AMMPLA estão sendo voltados para garantir a operação do sistema de transporte e o deslocamento dos usuários entre o pátio de eventos Ana das Carrancas e os bairros da cidade, transportando a população em veículos devidamente vistoriados e autorizados.

4º –  A população residente no Condomínio Nova Petrolina conta com duas linhas de transporte coletivo urbano, a A-13 Cohab VI/Rio Corrente via Distrito Industrial e A-14  Jardim Guararapes via Sete de Setembro, uma com quatro veículos e outra com três, totalizando sete veículos em operação.

5º – Estatisticamente a linhas do condomínio citado não apresentam superlotação em horários que não sejam de pico (o que ocorre em todas as linhas da cidade no horário do pico da demanda). É comum os passageiros viajarem em pé nos veículos de transporte coletivo urbano, principalmente, por conta da capacidade de lotação dos mesmos que em sua maioria varia entre 42 e 46 assentos sendo, portanto, todos os outros passageiros transportados em pé.

6º – Com relação à quebra constante de veículos, deve-se principalmente a problemas de solução rápida em virtude do motivo da assim chamada quebra (pneu furado, aquecimento de motor, falha do sistema hidráulico, ou pneumático, falha no sistema elétrico e ou na bilhetagem eletrônica) falhas estas na sua maioria devidas à modernização dos veículos que por terem peças sensíveis ao calor ou ao trepidação, podem travar o funcionamento de outros componentes, impedido assim a circulação do veículo.

Todos os veículos de ambas as empresas operadoras do sistema de transportes de Petrolina estão sujeitas a estas falhas, que assim que são descobertas são sanadas dentro do prazo hábil.

7º – A AMMPLA e o SETRANVASF disponibilizam desde 2015 o sistema de monitoramento de frota veicular ao usuário, e através dele os usuários, empresas operadoras, órgãos de fiscalização e controle externo podem fiscalizar, colaborar, criticar e denunciar problemas na operação das linhas e ter conhecimento dos horários dos veículos, tudo através do aplicativo de smartfone CITTAMOBI, disponível para android, e outras versões.

8º Lembramos que para criticas, informações, reclamações, sugestões e demais outras necessidades dos usuários do sistema de transportes de passageiros de Petrolina pode e deve ser realizada a AMMPLA, através dos telefones 3862-0300 e 156 (ouvidoria).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Detentos fazem rebelião na delegacia de Campo Formoso (BA)

Pelo menos 28 detentos da Delegacia da Polícia Civil de Campo Formoso (BA) fizeram uma reb…