Aluno da Facape desenvolve método para gerar energia limpa com bicicletas

0

pedalada

Em tempos de crise hídrica e aumento do valor da energia elétrica, Um estudante de Ciência da Computação da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) junto com três colegas de curso, Cléber Dourado abriu a ‘Pedala’, uma das empresas incubadas da Invasf (Incubadora do Vale do São Francisco). Os estudantes criaram uma bicicleta capaz de armazenar a energia produzida durante a pedalada.

 As primeiras bicicletas do projeto foram feitas com o próprio dinheiro. A ideia vem ganhando espaço por unir a atividade física ao conceito de desenvolvimento sustentável. O produto inovador já foi apresentado na Feira Nacional da Fruticultura Irrigada (Fenagri) e atraiu olhares em eventos realizados na Facape. No entanto, segundo Cléber, a intenção da Pedala não é vender a bicicleta, e sim oferecer o serviço de produção de energia limpa.

 “No momento nós estamos trabalhando com a ideia de vender pacotes de serviços, as bicicletas foram desenvolvidas com esse propósito. Em um evento de música, por exemplo, nós somos contratados para gerar energia para eles”, explicou.

 E os estudantes já pensam em expandir a ideia para as bicicletas comuns. “Nós estamos desenvolvendo um dispositivo adaptável a qualquer tipo de bike. Funcionará como uma base para as pessoas acoplarem suas bicicletas, para pedalar e gerar sua própria energia”, informou o estudante, que vê no dispositivo uma versão mais prática e acessível do projeto.

 Pedala e entretenimento

 Além do serviço de produção de energia, que é o objetivo principal da Pedala, a empresa criou uma maneira inovadora de fazer sucos. Com um liquidificador acoplado à bicicleta, as pessoas batem sua própria bebida. O grupo trabalha com pacotes que incluem serviço de bartenders, bicicletas, polpas e o cardápio das bebidas.

 “A ideia é oferecer esse serviço em formaturas, eventos em geral. O pessoal entraria em contato com a gente e nós levamos as bikes e os drinks. A pessoa pode produzir o suco do sabor que desejar e com sua própria energia”, destacou.

 Invasf

A Pedala faz parte da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica do Vale do São Francisco (Invasf), uma iniciativa do Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep), com o apoio da Facape. Os empreendedores aprovados no programa recebem assessorias técnicas de projetos, planejamento, negócios, comunicação, comercialização, design, marcas e patentes, cursos de capacitação, consultorias específicas, participação em eventos e material promocional.

A expectativa é de que o edital para a seleção de novos projetos seja lançado no mês de maio. A Invasf busca apoiar empreendedores no desenvolvimento de inovações e estimular a evolução do empreendimento convencional, fazendo com que eles absorvam um diferencial tecnológico que o eleve em relação à concorrência. Os projetos selecionados têm espaço físico localizado na Facape. (Ascom Facape).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Jovem de 18 anos é atingindo por tiro durante briga familiar em Petrolina

Na noite desta sexta-feira (15), por volta das 22h, um jovem, de 18 anos, deu entrada na e…