‘Vou trabalhar para que não haja disputa’, diz Gonzaga Patriota sobre liderança do PSB

1

Nesta segunda-feira (13), o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB-PE) comentou sobre a disputa pela liderança de seu partido entre os deputados Alessandro Molon (RJ) e Danilo Cabral (PE), que movimenta as primeiras semanas de 2020. Gonzaga foi um dos que assinou a lista de apoio a Molon para comandar a bancada em 2020.

“Eu assumi um compromisso com ele (Molon), inclusive assinei a lista de apoio. Vou trabalhar para que não haja disputa, que haja entendimento. Eu já não me candidatarei em 2021 para deixar esse entendimento entre os dois”, disse. Segundo o parlamentar, não é vantajoso ser líder em ano eleitoral. “Eu acho que ser líder num ano de eleição não é bom. A partir de julho os deputados voltam para os seus estados”, ponderou.

Para Patriota, as eleições municipais dificultarão a aprovação das reformas do governo que tramitam no Congresso. “Eu acho que este ano não passa nenhuma reforma em razão das eleições. Toda reforma é importante mas a gente não pode fazer reformas muito drásticas, como foi feita a reforma trabalhista. A reforma da Previdência é muito dura. Para resolver problemas de rombos que alguém deixou por aí, tiraram direito dos trabalhadores, dos professores. A reforma tributária é importante, a reforma administrativa é importante também. Mas é importante que os deputados não amarrem os carros ao governo. É bom que se discuta com os trabalhadores”, comentou.

1 Comentário

  1. Celso Rodrigues

    14 de janeiro de 2020 em 08:48

    Votou a favor da lei de abuso e autoridade deputado?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Ex-vereador Pérsio Antunes deixa disputa por vaga na Câmara de Vereadores de Petrolina para apoiar César Durando

Em nota enviada ao Blog, o ex-vereador Pérsio Antunes informa que sai da disputa por uma v…