Vítimas de acidente de carro no extremo sul da Bahia são sepultadas; família seguia para formatura da filha

Três das quatro pessoas que morreram após o veículo em que estavam cair de uma ribanceira de 40 metros em Nova Viçosa, no extremo sul da Bahia, foram sepultadas na tarde desta segunda-feira (7).

O automóvel era conduzido pelo empresário Roberto Carlos Xavier Piccoli, 55 anos. Estavam no carro também a esposa do motorista, Elvira Garcia Xavier Romeiro, 54 anos, e Cleuza Garcia Gomes, 60 anos, irmã de Elvira. Todos morreram no local.

A quarta vítima foi Gabriel Soares Barcelos, 20 anos. Ele era namorado da filha de Roberto Carlos e Elvira Garcia. Os ocupantes do veículo estavam a caminho da formatura da filha do casal, na cidade de Linhares, no Espírito Santo.

Os corpos de Roberto, Elvira e Cleusa foram velados na Igreja Católica Cristo Rei, em Eunápolis, e levados para o sepultamento no Cemitério Campo Santo. Já o corpo de Gabriel foi encaminhado à cidade capixaba de Colatina, onde mora sua família.

O acidente aconteceu na manhã de domingo (6), em um trecho da BR-101. O veículo saiu da pista e caiu em uma ribanceira de cerca de 40 metros de altura.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente foi registrado por volta das 6 horas, no quilômetro 908, sentido Teixeira de Freitas, a cerca de 12 quilômetros do distrito de Posto da Mata, no município de Nova Viçosa.

O local onde o carro caiu é de difícil acesso, o que dificultou a remoção dos corpos, que ficaram presos às ferragens. Na tarde de domingo, um guincho foi enviado ao local do acidente para remover o veículo.

Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Teixeira de Freitas e liberados ainda no domingo para os trâmites do sepultamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Contrário a nota do jurídico de Digital Influencer Odair, advogado de Raíza Ximenes afirma que investigação policial trata de tentativa de estupro

NOTA PÚBLICA À IMPRENSA A Srta. RAÍZA XIMENS, colhe do presente meio, por meio de seu Advo…