Violência contra a Mulher: 65 homens foram detidos e conduzidos à delegacia em 2021

Participando efetivamente das ações de segurança pública e de políticas voltadas ao combate à violência de gênero, a Patrulha da Mulher, da Guarda Civil Municipal (GCM) de Petrolina, divulgou dados estatísticos do atendimento realizado este ano. Os dados são fruto das fiscalizações de medidas protetivas e do acompanhamento das vítimas de violência doméstica e familiar relacionadas às diretrizes da Lei Maria da Penha.

Ao todo, em 2021, foram detidos e conduzidos 65 indivíduos para a Delegacia de Polícia por cometerem algum tipo de ato de violência contra a mulher; foi feito o acompanhamento de 1.403 mulheres no cumprimento de medidas preventivas; e 49 acompanhamentos de vítimas à DEAM para registro de Boletim de Ocorrência (BO). Além disso, 85 vítimas foram conduzidas para acolhimento social, como também foram efetuadas 94 notificações de descumprimento do Ministério Público.

Quanto ao atendimento às chamadas de emergência geradas através do número 153, foram realizados 295 atendimentos a ocorrências diversas – tais como agressão física e verbal, injúria e difamação, ameaça, dano material, cárcere privado e perturbação/perseguição.

“Ações como estas fortalecem a proteção às mulheres vítimas de violência, bem como mostram que a Patrulha da Mulher, da GCM de Petrolina, vem buscando cumprir o seu papel no fortalecimento da segurança pública municipal e na efetivação da Lei Maria da Penha”, avaliou o secretário executivo de Segurança Pública, Cícero Dirceu.

Qualquer denúncia que envolva violência contra a mulher pode ser registrada na central de atendimento da Guarda Civil Municipal pelo telefone 153 ou pelo whatsApp (87) 98106-7310.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Homem é preso em Petrolina (PE) acusado de agredir a ex-mulher que está grávida

Um homem foi preso nesse domingo (16) após arrombar a porta da residência e agredir a ex-c…