Vice-governador Raul Henry fala sobre possível aliança entre PMDB e PSB em Petrolina

1

raul

O vice-governador de Pernambuco, Raul Henry (PMDB) revelou em entrevista ao blog sobre o que ele chama de ampla vantagem do PMDB na tomada de decisões na política em Pernambuco e respondeu sobre a atual crise que o Partido dos Trabalhadores vem enfrentando.

Para Raul, o atual cenário político brasileiro reascende a atuação dos outros partidos que já revelam interesses em disputar uma vaga nas eleições do ano que vem, e que buscam formar alianças, afim de demostrarem força na chamada “dobradinha”.  O mesmo espera que a mesma aliança feita em 2012 entre PMDB e PSB se repita em 2016 a 2018.

“No momento em que o ex-governador Eduardo Campos tomou a decisão de se afastar do PT, ele estava correto em ter essa visão crítica do atual governo, já que essa crise é uma consequência do mesmo. Quando resolvi me aliar a Eduardo, decidimos fazer algo diferente e espero que essa mesma aliança entre PMDB e PSB se repita até 2018”, revelou.

Sobre sucessão, O vice-governador disse que o prefeito Julio Lossio precisa avaliar o melhor caminho para o PMDB de Petrolina, na escolha do candidato que deverá disputar às eleições em 2016.

“Nós iremos respeitar a decisão de Lossio em Petrolina. É ele quem tem o poder para definir o candidato do PMDB ou se irá formar alguma aliança para disputar as eleições do próximo ano e esperamos que isso aconteça em breve”, finalizou.

1 Comentário

  1. Maria

    2 de junho de 2015 em 14:34

    Justiça seja feita: Eduardo Campos se afastou do PT apenas pelo projeto pessoal. Nada mais do que isso. Agora, união de PSB e PMDB, podem ter a certeza: o PSB vai perder e feito com essa provável união.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Justiça Eleitoral indefere pedido de candidatura de Deomiro Santos (PV)

O Juiz Elder Muniz de Carvalho Souza comunicou decisão que indefere o pedido de candidatur…