Vereadora Maria Elena envia nota de repúdio sobre ação da polícia envolvendo militantes do Novembro Negro em Petrolina

0

Nesse 25 de novembro quero me solidarizar com o colega Vereador Gilmar Santos e com todos os artistas e militantes do movimento negro de Petrolina pela violência que sofreram na realização de um evento cultural de encerramento da programação da semana da Consciência Negra, ocorrido no Céu das Águas no bairro Rio Corrente.

Segundo relatos de várias pessoas presentes no evento, que ouvi, foram unânimes ao afirmaram a ação, descrita como uma abordagem descabida, despreparada e truculenta, dos dois policiais do Biesp que protagonizam essa infeliz ação que culminou com a detenção de pessoas que apenas se acharam no direito ( apropriadamente) de questionarem a forma da abordagem; também considerando o espaço a atividade que estava sendo desenvolvida e o público presente. Nada disse foi suficiente para frear os ímpetos completamente alterados do policial. Uma pena, ainda termos que conviver com cenas e episódios como esse que denigrem e nodoam a nossa querida e valente instituição de segurança pública.

Sei que que a nossa valorosa Policia Militar de Pernambuco não é e nem pode ser contaminada com reações pontuais descabidas como essa , mas por, pontualmente ter atingido pessoas, conscientes sim, mas inocentes, merece que nos coloquemos de público para registrar , aí sim, nossa intolerância diante de atitudes violentas como essas, que precisam serem reprimidas com o rigor das boas práticas das ações preventivas e repressivas dos órgãos que fazem a segurança do Estado e dos Municípios.

Toda minha solidariedade as pessoas atingidas por esse pontual e desqualificado ato policial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Dança das cadeiras: Ex-vereador Florêncio Galdino assume a Secretaria Municipal da Fazenda em Juazeiro (BA)

Nesta quinta-feira (20), foram anunciadas mudanças no quadro de secretários da gestão muni…