Vereador Ronaldo Silva avalia momento político durante confraternização de fim de ano

0

ronaldo silva

Foi realizada na última quinta-feira (10), a confraternização de final de ano com a imprensa, promovida pelo vice-prefeito de Petrolina Guilherme Coelho (PSDB) e pelo vereador Ronaldo Silva (PSDB).

A confraternização ocorreu durante a noite, no Petrolina Palace Hotel, localizado na Av. Cardoso de Sá, Centro.

“Esse é o quinto ano que nós, o vice-prefeito Guilherme Coelho e eu, fazemos essa confraternização para todos os jornalistas da nossa região, que acompanham o dia a dia da nossa política municipal”, disse o vereador Ronaldo Silva.

Numa avaliação acerca da desempenho da Câmara Municipal de Petrolina durante o ano de 2015, Ronaldo Silva acredita que deveriam ter sido mais proveitosas as discussões. “Não vejo com grandes olhos. Não foi muito positivo, poucos projetos benéficos para a sociedade e muito embate. Muitas discussões paralelas dentro da câmara de vereadores. Eu acho que quem vai dizer se foi produtivo, quem vai julgar, é a sociedade no ano que vem, nas eleições 2016”, expõe.

Recentemente o vereador José Batista da Gama (PDT) taxou os projetos de autoria de Ronaldo Silva como sendo demagógicos, visto que objetivavam a mudança de horário das sessões na Câmara, a diminuição do salário dos vereadores e outros. Questionado sobre esse assunto, Ronaldo Silva respondeu que respeita José Batista da Gama, mas que vai continuar agindo da mesma maneira.

“Ele é uma pessoa que eu tenho grande respeito, mas, eu quero dizer, não só para ele, mas para todos os vereadores, que eu quero continuar sendo demagogo nesses projetos benéficos para a sociedade. Quando eu trago a questão do salário, é por que a gente está vendo a crise que está assolando o nosso país. Quanto eu trago o projeto de ponto eletrônico na Câmara, é por que a gente vê as dificuldades, os vereadores que chegam atrasados e saem cedo nas sessões. Quando eu trago o projeto de tirar as férias do mês de julho, é por que não tem necessite de vereador ter duas férias num ano só, enquanto o trabalhador normal só tem uma, isso por que trabalha 30 dias e vereador trabalha apenas duas vezes na semana. Então, eu quero ser demagogo, não estou preocupado com vereador, estou preocupado com a sociedade”, dispara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Mulher denuncia o Hospital IMIP-Dom Malan sobre sumiço do seu bebê recém-nascido; veja vídeo

Um vídeo viralizou na internet nesta quinta-feira (14) e traz uma grave denúncia envolvend…