Vereador Gilmar Santos diz que evangélicos eleitores de Bolsonaro, ‘não são coerentes’ e pastor de Petrolina (PE) Edilson de Lira rebate declaração

A insinuação do vereador Gilmar Santos de que que os evangélicos que teriam votado no presidente Jair Bolsonaro, são incoerentes com o evangelho, sendo um comentário feito em sua justificativa ao votar contra as igrejas e templos religiosos como serviço essencial em Petrolina (PE) provocou um amplo debate na cidade.

O pastor da igreja Verbo da Vida, Edilson de Lira, rebateu a fala do petista. O líder religioso entende que “igreja é saúde”

“Nós não estamos aqui falando de uma aglomeração irresponsável, mas a igreja não devera ser completamente fechada e sobre a fala de Gilmar, eu me pergunto: um aluno que senta para ouvir um professor e um aluno que senta para ouvir um pastor evangélico, não existe diferença alguma em relação ao coronavírus, não existe fundamentação para a fala do vereador, e aí coloco algumas aglomerações que ocorreram na campanha política”, disse, o pastor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco: Carnaval, São João e Festival de Inverno não acontecerão a curto prazo, afirma Secretário de Cultura

O secretário de Cultura de Pernambuco, Gilberto Freyre Neto, afirmou  na quarta-feira (12)…