A Prefeitura de Petrolina lançou nesta quarta-feira (21) dois novos editais para concursos públicos, que juntos, somam 370  oportunidades em diversos níveis de escolaridade. Um dos editais oferece 334 vagas voltadas à área da Saúde e também para profissionais que deverão atuar no âmbito da Administração Municipal.

Há vagas para médicos, auditor fiscal I, enfermeiro, odontólogo, farmacêutico, auxiliar de laboratório, assistente social, bibliotecário, museólogo,  técnico agrícola, técnico em laboratório, técnico de enfermagem,  entre outras.

O segundo edital apresenta 36 vagas para o cargo de professor de Libras e Braile para Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação. As duas seleções serão organizadas pelo Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco (Iaupe) e as inscrições poderão ser feitas, exclusivamente, pelo site www.upenet.com.brentre os dias 28 de novembro e 5 de janeiro de 2019.

Nas redes sociais houve polêmica, em razão dos valores dos salários ofertados, principalmente na área da saúde. Confira abaixo alguns dos cargos:

Em resposta as críticas, o prefeito Miguel Coelho também usou as redes sociais para rebater os comentários. Confira o vídeo acima:

 

3 Comentários

  1. Élson

    22 de novembro de 2018 em 10:55

    Sr. prefeito deveria ser especificado os adicionais e gratificações no edital. Também achei muito pouco o salário para minha profissão “Técnico Agropecuária/Agrícola”.

    No concurso em andamento da ADAGRO para o nível técnico foi especificado o seguinte quanto a remuneração:

    Salário Base: R$ 2.128,53
    Benefício de Vale Alimentação: R$ 246,40
    Auxílio de Suporte Técnico-Agropecuário: R$ 227,00
    Total de R$ 2.601,93

    Quem pretende fazer o concurso quer saber da remuneração, isso é o mínimo que deveria fazer.

    Responder

  2. Rosa

    22 de novembro de 2018 em 19:51

    O estranho é que se tem quase 100(cem) enfermeiros(as) CONTRATADOS(AS) e só tem 02 vagas no edital!!!!!!!!!!!

    Responder

  3. helderm

    23 de novembro de 2018 em 09:45

    A máfia do jaleco branco é bem organizada. Agora no governo do Bozonaro é que vão reinar ainda mais.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pesquisa revela que cerca de 4 milhões de pessoas abandonaram os estudos no País durante a pandemia

Em 2020, ano marcado pelo novo coronavírus, quarentena e interrupção de aulas presenciais,…