UPAE Petrolina promove mutirão para cirurgias de catarata; serão cerca de 300 procedimentos

0

A partir deste mês de julho, a Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE) Petrolina promove um mutirão para a realização de cirurgias de catarata, garantindo o tratamento gratuito no Sistema Único de Saúde (SUS), com a oferta de 300 procedimentos aos pacientes pernambucanos. A ação faz parte de um mutirão estadual onde participam oito equipamentos de saúde, sendo cinco deles no Recife e três, no Interior do Estado, totalizando mais de 2,7 mil procedimentos. A catarata é uma doença ocular que deixa a visão opaca, sendo a principal causa de cegueira reversível no mundo.

“O mutirão tem início na UPAE Petrolina já a partir desta terça-feira (02.07). Os pacientes, regulados e triados pelos municípios, já realizaram os exames pré-operatórios e estão aptos a realizarem os procedimentos”, afirma a coordenadora da UPAE Petrolina, Graziella Franklin. O procedimento cirúrgico, que consiste na retirada do cristalino opaco e colocação de uma lente intraocular, é considerado de média complexidade, feito com anestesia local e sem necessidade de internação. O índice de recuperação é satisfatório e em 90% dos casos o paciente volta a enxergar normalmente.

“A intenção é ampliar a oferta deste procedimento cirúrgico, já disponível na rede, e dar celeridade aos casos mais graves de acordo com a classificação de risco. Garantir que a cirurgia seja feita no paciente no menor tempo possível”, afirma o secretário estadual de Saúde, André Longo. No interior do Estado, as cirurgias também serão realizadas nas UPAE Petrolina e Caruaru. Na capital pernambucana, os procedimentos ocorrem no Serviço Oftalmológico de Pernambuco (Seope), Hospital de Olhos Santa Luzia, Instituto de Olhos do Recife (IOR), Fundação Altino Ventura (FAV) e Hospital das Clínicas (HC).

Em 2018, mais de 20 mil cirurgias de catarata foram realizadas no SUS, sendo 9,6 mil delas feitas em unidades ligadas à rede estadual. Só em 2018, a UPAE Petrolina realizou 1.199 cirurgias oftalmológicas gerais, no tratamento de diversas doenças oculares.

No Recife, as marcações serão feitas pelos serviços onde os pacientes já realizam tratamento e devem passar por exames pré-operatórios. No Interior, as Gerências Regionais de Saúde (Geres) atuarão junto aos municípios para garantir o encaminhamento dos usuários do SUS às unidades. A ação faz parte de uma iniciativa do Estado para diminuir o tempo de espera pela cirurgia eletiva e ampliar a assistência oftalmológica em Pernambuco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco tem aumento de 51% nos casos de sarampo em uma semana

Um novo boletim sobre a epidemia de sarampo foi divulgado pela Secretaria Estadual de Saúd…