Univasf e UEFS lançam pesquisa sobre impactos da Covid-19 para o pré-natal e puerpério de mulheres brasileiras

0

Pesquisadores da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) lançam, em parceria, a pesquisa “Percepções de gestantes e puérperas sobre os impactos da pandemia de Covid-19 no seu ciclo gravídico-puerperal”. Mulheres com até 45 dias de parida, ou seja, puérperas, e gestantes responderão 59 questões fechadas e 2 abertas, que servirão de base para o desenvolvimento de uma rede de colaboração, formulação de estratégias de orientação e apoio nesse contexto. O questionário pode ser respondido até as 23h59 do dia 31 de outubro.

Para participar, a gestante ou puérpera deve ser brasileira, alfabetizada, com idade maior de 18 anos completos e não pode possuir transtornos mentais severos e persistentes com diagnóstico estabelecido, antes mesmo da gestação. As informações obtidas serão utilizadas para fins da pesquisa e serão manejadas em total sigilo, com a identidade da participante preservada.

A professora do colegiado de Psicologia da Univasf Sâmella Vieira de Menezes explica que a pesquisa integra as iniciativas que a comunidade científica tem desenvolvido para investigar os efeitos fisiológicos do vírus SARS-CoV-2 e do contexto pandêmico em diversas camadas da sociedade, o que inclui as mulheres no ápice da sua reprodução. “Sentimos falta de considerar a percepção de gestantes e puérperas nesse contexto, a partir dos impactos psicossociais sentidos, da sua compreensão da pandemia e de seu acesso a serviços essenciais em saúde, a ver pré-natal, consultas e calendários de vacinação, para além do que recomendam os protocolos de saúde atuais”, enfatiza.

Além disso, Sâmella diz que essa pesquisa visa fortalecer a produção de conhecimento científico sobre aspectos da Covid-19 fora dos grandes centros, já que é desenvolvida por uma parceria firmada entre Instituições de Ensino Superior (IES) que se localizam em cidades pólo no interior nordestino. “A pesquisa Percepções de gestantes e puérperas sobre os impactos da pandemia de Covid-19 no seu ciclo gravídico-puerperal importa por possibilitar diálogo com as políticas públicas atuais e compreensão do acesso a serviços e informações de qualidade para este público”, finaliza a professora.

As colaboradoras da pesquisa receberão, nos contatos cadastrados, cards com orientações sobre cuidados e riscos baseados em evidências científicas e os resultados da pesquisa de forma objetiva e com linguagem acessível. Os resultados da investigação serão divulgados por meio de eventos e publicações científicas, contribuindo para o avanço da ciência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Mortes por Covid-19 chegam ao menor nível desde maio

O Brasil registrou 461,14 mortes diárias por Covid-19, de acordo com a média móvel de sete…