TCE rejeita Gestão Fiscal de 2016 do prefeito de Serra Talhada (PE)

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas de Pernambuco esteve reunida nesta quinta-feira (18) para julgar a Gestão Fiscal realizada na Prefeitura Municipal de Serra Talhada (PE) no exercício financeiro de 2016, objetivando Analisar o comprometimento da despesa total com pessoal em relação à Receita Corrente Líquida, verificando o seu reenquadramento e as medidas adotadas para retorno ao seu limite, tendo como interessado o atual prefeito Luciano Duque.

Foi julgada irregular a referida Gestão Fiscal aplicando multa ao prefeito. O valor será publicado posteriormente.

Na quinta (11), a Primeira Câmara do TCE, já havia recomendado à Câmara Municipal do município, também por unanimidade, que a prestação de contas da Prefeitura de Serra Talhada referente ao ano de 2015, fossem rejeitadas pelo legislativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Semana fecha com saldo de três mortos por acidente de moto em Petrolina (PE)

A segunda semana de janeiro registrou três mortes provocas por acidente de trânsito em Pet…