Suspeito de tocar fogo em brinquedos na Orla de Petrolina (PE) é preso, mas já está solto; entenda o caso

A polícia prendeu o suspeito de incendiar brinquedos de um parquinho de um casal que estavam guardados na Orla I de Petrolina (PE), no último dia 28 de março.

“De acordo com depoimento à polícia, ele tocou fogo no parque com cachaça e disse que fez isso alegando que o casal lhe devia dinheiro.

Durante entrevista ao Programa Edenevaldo Alves na Petrolina FM nesta quarta-feira (3), a proprietária Deuzana Gomes nega está devendo qualquer dívida ao suspeito

O casal conhece o homem, que presta serviço para uma lanchonete nas proximidades do parquinho na Porta do Rio.

“Ele tem chaves da lanchonete ao lado, fica o dia todo e presta serviço na localidade”, completou Deuzana.

O homem responsável pelo incêndio conhecido como “Ceará” está solto, já que não foi preso em flagrante e aguarda decisão judicial para prisão preventiva. Ele não teve o nome revelado pela polícia.

 

Fechado para comentários

Veja também

Governo de Pernambuco contrata empresa organizadora do concurso da Polícia Científica com 213 vagas

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta terça-feira (23), a contratação da empresa AOCP &#…