Soltura de aves advindas de apreensões é realizada em reserva ambiental no interior de Petrolina

0

aves

Na última semana, 59 aves entre periquitos-da-caatinga e espécimes de pombas que estavam sob os cuidados do Centro de Triagem de Animais Silvestres do Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna Caatinga) foram devolvidas à vida livre numa reserva ambiental, localizada a 80 quilômetros de Petrolina, no sertão pernambucano.

De acordo com a veterinária do Centro, Adriana Alves, as aves chegaram ao Cemafauna através de apreensões realizadas por órgãos fiscalizadores a exemplo do IBAMA e Inema e estavam em plenas condições para retornarem à natureza, já que passaram mais de 90 dias recebendo cuidados médicos e nutricionais. Em relação à reserva ambiental, trata-se de uma área legal, particular e o principal motivo para a escolha dela é a possibilidade de acompanhamento das aves após a soltura, uma vez que elas permanecem por um longo tempo na propriedade.

“Lá elas encontram disponíveis alimentação e água em abundância, oferecidas pelo proprietário, também por ser uma área segura, onde a caça e capturas são proibidas. Pudemos constatar a reprodução de aves soltas anteriormente já ocorrendo na fazenda”, disse Adriana. Quanto à localização da propriedade os órgãos ambientais orientam que não seja revelada, por questão de segurança dos animais e das solturas futuras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Casa Dom José Rodrigues da Diocese de Juazeiro (BA) e instituições da região são contemplada com Natal Solidário da Agrovale

Cerca de 400 crianças e pacientes em tratamento oncológico de Juazeiro e Petrolina, serão …