Sociedade Brasileira de Infectologia afirma que Hidroxicloroquina não tem efeito e deve ser abandonada no tratamento da Covid-19

0

A hidroxicloroquina para tratar infectados pela covid-19 foi desaconselhado pela Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) depois de duas pesquisas internacionais não apontarem resultados eficientes do medicamento nesta situação de aplicação fora da bula. Ontem (17), a entidade emitiu um informe aos profissionais de saúde afirmando que, diante das novas evidências científicas, “é urgente e necessário que a hidroxicloroquina seja abandonada no tratamento de qualquer fase da Covid-19.”

A atualização do entendimento da SBI sobre a cloroquina ainda requisita que o próprio Ministério da Saúde reavalie a orientação de tratamento para que não gaste dinheiro público em tratamento que “são comprovadamente ineficazes e pode causar efeitos colaterais”.

A SBI pede que o recurso público seja usado em medicamentos que comprovadamente “são eficazes e seguros para pacientes com covid-19 e que estão em falta, tais como anestésicos para intubação de pacientes que precisam ser submetidos à ventilação mecânica”.

Mesmo sem evidências científicas, o Ministério da Saúde incluiu a cloroquina como medicamento para tratamento de pacientes infectados pelo novo coronavírus com sintomas leves em uma nota informativa divulgada em 20 de maio.

(Fonte: DP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Dormentes (PE) está há três dias sem registrar novos casos de coronavírus

O boletim epidemiológico da Covid-19 atualizado nesta quinta-feira (24) pela Secretaria de…