Sobre agressões durante o Grito dos Excluídos, Prefeitura de Petrolina afirma que secretário “apenas se defendeu”

0
Sobre o episódio ocorrido no fim da manhã desta quinta-feira (7), no desfile em comemoração ao 7 de setembro, a Prefeitura de Petrolina esclarece que o secretário executivo de Segurança Pública, José Silvestre, apenas se defendeu das agressões de um grupo de manifestantes que participavam do Grito dos Excluídos. A prefeitura lamenta o fato de que muitas pessoas não compreendam o verdadeiro significado do movimento, transformando-o em um ato desordeiro, político e partidário, indo contra a luta de direitos e a própria democracia.
Não houve agressão antecipada ou desrespeito por parte do secretário ou de qualquer membro do governo municipal. O spray foi utilizado como defesa e para dispersar o início de um tumulto. Ninguém se feriu. As fotos que circulam nas redes sociais mostram apenas momentos depois de uma série de ataques e agressões sofridos pelo secretário e sua equipe.
O incidente não retirou o brilho do desfile em homenagem ao 7 de Setembro, em que famílias inteiras puderam, de forma organizada e tranquila, prestigiar mais um grande momento da democracia e de amor ao nosso país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Salgueiro (PE) registra mais 31 novos casos positivos do coronavírus e tem 222 casos ativos

O município de Salgueiro (PE)  tem mais 31 casos positivos  do coronavírus e  totaliza 1.4…