Sinpol pede ao Ministério Público interdição da Delegacia do Ouro Preto

0

DELEGACIA04

Os policiais civis que atuam na delegacia do bairro Ouro Preto, em Petrolina, precisam comprar água para beber e pagar a limpeza da delegacia devido a falta de infraestrutura da Delegacia do Ouro Preto, além da munição vencida, armamento defasado, efetivo insuficiente e falta de coletes para os policiais.

Com a situação precária, o sindicato de Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE) solicitou ao Ministério Público a interdição da unidade. São muitos problemas como infiltração nas paredes, entulho acumulado no corredor, rede elétrica danificada e o cheiro insuportável que sai das celas.

O presidente do Sinpol-PE, Áureo Cisneiros, diz que a falta de estrutura afeta nas investigações e gera impunidade. “Essa falta de estrutura na Polícia Civil, na verdade falta de gestão na polícia que investiga os crimes no nosso estado. Os inquéritos ficam paralisados e as investigações não andam. Os criminosos não são presos e ocorre a impunidade e isso é um incentivo à violência”, revela.

Devido a falta de estrutura, o Sinpol pede a interdição da Delegacia do Ouro Preto. “Toda essa falta de estrutura a gente está pedindo a interdição e que o Ministério Público avalie a interdição da delegacia do Ouro Preto, porque não dá para os policiais fazerem as atividades de investigação em um ambiente totalmente insalubre, até para receber um cidadão aqui é inadequado”, argumenta Cisneiros.

A estrutura precária da delegacia e as condições de trabalho constam em um relatório produzido pelo Sindicato dos Policiais de Pernambuco. O documento foi encaminhado pra o Ministério Público do Estado. O Sinpol vai realizar uma assembleia na terça-feira (19), sede do sindicato, em Recife. (G1).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Coronavírus: ‘Toda e qualquer vacina está descartada’, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) descartou a compra de vacinas pelo governo na ma…