SINPOL-PE solicita interdição da Delegacia de Tacaratu (PE)

O Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (SINPOL-PE)   protocolou junto ao Ministério Público do Trabalho (MPT)   a solicitação da interdição da Delegacia de Polícia de Tacaratu, no Sertão de Pernambuco.

O prédio condenado oferece riscos para os seis policiais civis que trabalham nas instalações, e aos internos que estão alojados na delegacia. De acordo com o Sinpol, a estrutura está comprometida com paredes mofadas e bastante infiltrações.

O imóvel também apresenta outros problemas estruturais como colchões sujos, geladeira sem tapa de congelador e água imprópria para consumo humano. O prédio ainda divide espaço com motocicletas apreendidas.

De acordo com o Sinpol, a   Secretaria de Defesa Social (SDS) se comprometeu com a mudança do local da delegacia,  no entanto a estrutura só  recebeu  uma reforma básica.   Diante da situação, o SINPOL-PE manifestou repúdio pelo descaso  e informou que  irá buscar meios para  a interdição do local e o fornecimento de condições mínimas para os policiais. O protocolo junto ao MPPE ocorreu no último dia 16/12.

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pesquisa revela que cerca de 4 milhões de pessoas abandonaram os estudos no País durante a pandemia

Em 2020, ano marcado pelo novo coronavírus, quarentena e interrupção de aulas presenciais,…