Simão Durando comemora novos investimentos no aeroporto e pede apoio ao ministro para baixar valor de passagens de avião para Petrolina (PE)

Nesta segunda-feira (13), o prefeito Simão Durando recepcionou, em Petrolina, o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho. A agenda na capital sertaneja marcou o início da nova fase das obras de expansão do Aeroporto Senador Nilo Coelho. Serão investidos cerca de R$ 60 milhões nas obras do segundo terminal aeroportuário que mais transporta passageiros em Pernambuco.

Em seu discurso, durante o evento, o prefeito petrolinense destacou a importância do aeroporto para a economia do município e celebrou os novos investimentos na cidade que irão permitir uma melhora na logística do setor produtivo, principalmente na fruticultura irrigada. Simão Durando aproveitou a oportunidade para apresentar, ao ministro, três pleitos prioritários para a população referentes ao transporte aéreo.

“Hoje é um dia histórico para a nossa cidade. Petrolina é uma cidade que vem crescendo muito nos últimos anos, a maior cidade do interior e a terceira do estado e o nosso aeroporto precisava acompanhar esse ritmo. Já estamos transformando a nossa malha viária, através de grandes obras de mobilidade urbana e agora teremos essa transformação na parte aérea. Aproveito a oportunidade para trazer três pedidos importantes, o primeiro é o retorno do pouso do avião cargueiro para facilitar o escoamento da produção, o segundo é a ampliação de voos com novos destinos e o terceiro é a redução da passagem”, solicitou.

O ministro Silvio Costa Filho garantiu que as obras irão fortalecer o turismo de lazer e de negócios, além de aumentar a geração de emprego. “Esse investimento é fundamental e necessário para ampliar as operações no terminal, gerar mais emprego e estimulando a economia local. Trazemos também boas notícias para os pleitos do prefeito Simão. Já no próximo ano teremos novos voos saindo de Petrolina para outras cidades, em relação ao avião cargueiro, vou convocar para amanhã uma reunião para que ele volte a operar aqui, tendo em vista a importância para a exportação das nossas frutas e insumos e sobre o aumento das passagens, a gente vai se reunir com as três companhias para cobrar, em caráter emergencial, a redução das passagens”, ressaltou.

Além do ministro Silvio Costa Filho, o lançamento das novas intervenções no aeroporto de Petrolina contou com as presenças do diretor-presidente substituto da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Tiago Pereira, do secretário nacional de Aviação Civil (SAC), Juliano Noman, o diretor-presidente da Codevasf, Marcelo Andrade, o superintendente regional da Codevasf, Edilázio Wanderley, o ex-prefeito de Petrolina Miguel Coelho, o deputado Pedro Campos, o Presidente da CCR, Fábio Russo, entre outros políticos e autoridades da região.

Fechado para comentários

Veja também

Coluna Literária do Domingo

Há dor que mata a pessoa Sem dó nem piedade. Porém, não há dor que doa Como a dor de uma s…