Setranvasf faz retrospectiva sobre mobilidade e anuncia melhorias no transporte coletivo

bilhete-integrado

“Um ano de muitas mudanças positivas no trânsito e no transporte coletivo”. Assim foi classificado 2015 pelos representantes do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de Passageiros do Vale do São Francisco – Setranvasf, que divulgaram melhorias e novidades para o próximo ano. Uma delas, como conta a gestora do órgão, Josiclea Rodrigues, é que todos os veículos terão uma nova identidade visual, com cores e a marca padronizada MobiPetrolina, que irá facilitar a visualização por parte dos usuários. Esse plano não se restringe aos ônibus, mas também a táxis e mototáxis que estão sob a gestão da Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo – EPTTC.

Outa novidade acontece já em março: será possível recarregar o cartão BIP (Bilhete Integrado de Passageiros) pelo aplicativo Cittamobi. O aplicativo foi criado em setembro e mostra informação em tempo real sobre os horários dos ônibus, permitindo que o passageiro possa se programar em seus deslocamentos. Petrolina foi a 16ª cidade brasileira a contar com o aplicativo, que é gratuito e foi custeado pelas empresas de ônibus. Em outubro, foi liberada uma nova versão que permite aos usuários colaborar diretamente com a fiscalização do serviço, fazendo denúncias e avaliando itens como limpeza, lotação e segurança da viagem. No último mês de novembro, foi lançado o Cittamobi Acessibilidade, voltado para pessoas com deficiência visual.

Para incentivar o uso do BIP, o Setranvasf oferece um desconto de R$ 0,10 por viagem nos dias úteis e sábados. Já aos domingos, é possível fazer uso da Tarifa Lazer de R$ 1,50. Nem todos sabem, mas Petrolina foi a primeira cidade de Pernambuco a implantar a biometria para passageiros com direito a gratuidade. Essa tecnologia evita fraudes que poderiam onerar as passagens dos usuários pagantes. Ele salienta que nos últimos dois anos, mais de 60% da frota foi renovada. Apenas em 2015, foram 27 novos veículos, todos eles equipados com elevadores para cadeirantes. Hoje, são 42 ônibus que garantem a acessibilidade de portadores de deficiência, enquanto que em 2013, eram somente três veículos.

Toda a frota de ônibus de Petrolina passou a ser abastecida com o diesel S-10, um combustível mais caro, mas que diminui em até 98% as emissões de óxido de nitrogênio, por exemplo. Os ônibus são 100% monitorados por GPS e todas as viagens são fiscalizadas eletronicamente, o que fez os atrasos nos horários caírem de 26% (em junho) para 18% (novembro). A meta, segundo Josiclea, é aumentar a pontualidade para um índice próximo de 100%

Outro ganho para o usuário foi a implantação da faixa exclusiva para ônibus na Avenida Guararapes, que permitiu um ganho de aproximadamente 20% no tempo gasto pelos coletivos para percorrer o trecho em que foi implantada. Josiclea explica que como o trecho da faixa exclusiva ainda é pequeno, o impacto sobre o tempo total das viagens ainda não foi suficiente para melhorar o desempenho da maioria das linhas da cidade. Para aumentar a eficiência da faixa está prevista uma mudança na circulação de algumas linhas, a partir da implantação de uma conversão à esquerda entre a Avenida Monsenhor Ângelo e Tancredo Neves – essa mudança irá, também, desafogar o trânsito na Rua Joaquim Nabuco.

Todas essas ações fazem parte de um Plano de Mobilidade que foi traçado para Petrolina por vários representantes do sistema. Ele prevê a reestruturação total da rede de transporte com a implantação de um sistema integrado e linhas interbairros, que resultará num acréscimo de mais de 500 viagens por dia (hoje são realizadas aproximadamente setecentas). Haverá a abertura de novas vias e pavimentação das existentes, melhoria da circulação na área central, além da resolução de vários problemas de circulação. A aprovação do Plano de Mobilidade deve viabilizar, em seguida, a realização do processo licitatório para a concessão das linhas de ônibus.

3 Comentários

  1. retrospectiva 1 ano

    13 de janeiro de 2016 em 14:18

    Nossa muito bom os modelo de retrospectiva estou a procura de uma empresa que faça para meu filho.. obrigada pela dica

    Responder

  2. Ricardo Guerreiro

    13 de fevereiro de 2016 em 15:43

    Bom site amigo.

    Responder

  3. Ricardonson

    13 de fevereiro de 2016 em 15:47

    Bons filmes.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pesquisa indica que professores do Vale do São Francisco têm encontrado dificuldades com ensino remoto

Uma pesquisa realizada na região do Vale do São Francisco indica que os professores de esc…