Sem Iluminação, Praça do bairro Centenário, em Juazeiro, gera insegurança para moradores, alerta Márcio Jandir

0

escuridão

A Praça Américo Tanury, no bairro Centenário, em Juazeiro, é alvo de reclamações dos moradores da localidade e a falta de iluminação é o principal problema apontado por eles. O comerciário Igor Nascimento que passa pela Praça todos os dias a caminho da casa da namorada já foi vitima de tentativa de assalto. “Sem a iluminação necessária, fica muito perigoso andar aqui. Na última semana, por exemplo, quase fui assaltado, mas mudei a rota antes, porém, uma garota que estava logo atrás de mim, não teve a mesma sorte. Teve o celular roubado. Creio que se a Praça fosse bem iluminada inibiria esses atos”, comenta.

Além da questão de segurança, a falta de iluminação coíbe que o espaço seja utilizado pelos moradores da região como ambiente de lazer. “Como podemos ficar em um lugar sem iluminação? É perigoso, por isso, ninguém vem mais aqui”, reclama Nascimento.

Em suas caminhadas pela cidade, o candidato a prefeito de Juazeiro em 2012 pelas oposições, Márcio Jandir, constatou a situação. O vice-presidente municipal do Democratas (DEM), e pré-candidato da legenda em 2016, ressaltou a questão da insegurança em sua observação. “A escuridão toma conta da Praça Américo Tanury, no bairro Centenário. Com apenas um poste em funcionamento fazendo o trabalho dos que estão danificados, o clima dos moradores na região é de total insegurança.”

“Juazeiro precisa de uma gestão que se preocupe com o cuidado do dia a dia, das questões que afetem a qualidade de vida do povo. Um programa de banho de luz nos espaços públicos não é caro e é eficiente. Basta economizar um pouco em propaganda de uma cidade não real, e investir nas reais necessidades do povo. Já que toda sexta feira tem obra, vamos torcer que na próxima a Praça Américo Tanury ganhe uma nova iluminação!”, sugere Márcio Jandir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Homem é preso por porte ilegal de arma de fogo em Lagoa Grande (PE)

Um homem de iniciais J. N, de 35 anos de idade, foi preso na tarde do sábado (21), na PE-5…