Seis pessoas são presas e mais de 30 mil pés de maconha são destruídos no povoado da Lagoa do Boi em Juazeiro (BA)

Seis pessoas foram presas e 32 mil pés de maconha foram destruídos pela Polícia Militar, no povoado da Lagoa do Boi, em Juazeiro (BA). A plantação foi localizada na terça-feira (29), após denúncia anônima que informou o cultivo na zona rural do município.

Como a área era isolada e de difícil acesso, foi necessário sobrevoar a região para que o ponto exato fosse encontrado. A droga estava plantada entre outros cultivos.

Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP), um dos homens encontrados no local estava armado e chegou a disparar contra os agentes, mas foi atingido por um tiro na perna, no revide. Ele foi levado a um hospital da região e não corre risco de morte.

A plantação foi incinerada no mesmo dia e os suspeitos foram levados para delegacia de Juazeiro, onde foi registrada a ocorrência. Os seis homens foram autuados em flagrante pelo crime de tráfico de droga e seguem presos, à disposição da Justiça, na manhã desta quarta (30). Os nomes deles não foram divulgados.

O material apreendido também foi levado para a delegacia: uma espingarda, quatro cartuchos calibre 28, um saco de nylon com sementes de maconha, além de quatro telefones celulares e um valor em espécie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): Serviços oferecidos para reabilitação de pacientes atendidos no Centro de Equoterapia do Vale são ampliados 

A Prefeitura de Juazeiro (BA), através da Secretaria de Saúde (Sesau), ampliou os serviços…