Secretário Lucas Ramos, abre Campus Party Petrolina (PE) e anuncia edição descentralizada em todo o Estado em 2022

Petrolina, no Sertão do São Francisco, será o polo geek mundial até o sábado, dia 30 de outubro. Isto porque, pela primeira vez na história, a cidade está recebendo uma edição da Campus Party. A abertura aconteceu na noite da última quinta-feira (28) na Univasf e foi recheada de simbologia: o sertão pernambucano é o primeiro local do mundo a receber a feira em formato híbrido – digital e presencial – neste processo de retomada das atividades sociais. E foi palco do anúncio oficial para a edição 2022 da Campus Party Pernambuco, versão do evento que irá acontecer de forma descentralizada, ocupando todas as regiões de desenvolvimento do Estado simultaneamente.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lucas Ramos, celebrou o sucesso do evento, que teve apoio fundamental da SECTI para sua realização juntamente com o Sebrae Pernambuco. Ramos, que é petrolinense, falou das políticas consolidadas da secretaria para a interiorização de CTI, afirmando que a chegada do evento à Petrolina representa a assertividade dessas ações. “O Sertão marca o retorno mundial da Campus Party. Isto mostra o quanto somos capazes de receber iniciativas como esta, graças ao nosso compromisso de investir cada vez mais neste processo do Sertão ao Litoral pernambucano”, falou.

Ao lado de Francesco Farruggia, fundador do evento, Lucas Ramos anunciou a edição da feira no segundo semestre 2022 em nosso Estado. “O evento irá mobilizar Pernambuco por inteiro, acontecendo de forma descentralizada em todas as regiões de desenvolvimento, sendo o Recife ponto de convergência para as principais atividades presenciais”, assinalou, completando que a SECTI entrará como grande parceira, disponibilizando instalações, além de buscar parceiros e articular junto a patrocinadores recursos para realização do evento.

Em discursos emocionados, Tonico Novaes (CEO do Instituto Campus Party) e Francesco Farruggia falaram da importância do retorno dos eventos presenciais e de como a sociedade está se readaptando à nova realidade, além de ressaltarem o quanto Pernambuco e Petrolina são importantes para o ecossistema de Tecnologia, Criatividade e Inovação. Ambos são entusiastas das políticas de interiorização em Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo de Pernambuco. (ascom)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Poste com grave risco de cair na Travessa Padre Fraga, no Centro

Um poste de energia elétrica está quase desabando num trecho da  Travessa Padre Fraga, áre…