Secretaria de Saúde investiga casos de hanseníase em Petrolina (PE)

A Hanseníase é uma doença infecciosa crônica que causa lesões de pele e danos aos nervos. Em Petrolina, 582 pessoas estão em tratamento da doença. Por estar em uma região considerada endêmica, a Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, em parceria com o Instituo Lauro de Souza Lima de São Paulo, está fazendo um estudo para investigar o elevado número de casos da doença.

Desde segunda-feira (5), uma equipe está no Serviço de Infectologia de Petrolina (Seinpe), coletando exames para a pesquisa. O objetivo é estudar dois grupos: pacientes que tiveram a doença e estão curados e pacientes que mesmo após o tratamento continua com a doença ativa. O intuito desse estudo é fazer uma reavaliação e entender porque algumas pessoas, mesmo após o tratamento, permanecem com a infeção ativa.

Os pacientes estão passando por uma avaliação clínica, coleta de exame de sangue e o baciloscopia de linfa (raspagem da pele).

Fechado para comentários

Veja também

Confronto entre bandidos e a polícia em chácara de Juazeiro (BA) deixa três mortos

Na noite de domingo (25), na Serra da Batateira, o Morrão, em Juazeiro (BA), acompanhados …