Secretaria de Saúde alerta para cuidados com mosquito Aedes aegypti depois das chuvas em Petrolina (PE)

A chuva é sinal de alívio para o sertanejo, mas também serve de alerta e cuidados. Após o período chuvoso é necessário ficar atento aos locais e recipientes que possam acumular água, pois eles podem servir de criadouro para o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, Zika e Chikungunya. Nesse sentido, a Secretaria de Saúde tem orientado a população sobre os cuidados com os quintais e arredores dos domicílios.

As medidas para o controle do mosquito devem ser permanentes. Entre as medidas para eliminação de focos estão: manter recipientes fechados com tampas; garrafas armazenadas com a boca para baixo; pneus e caixas d’água devem ser mantidos sempre cobertos; evitar acúmulo de lixo; trocar a água dos vasos de planta; ter atenção aos ralos domésticos, ambientes com água limpa e propícias para reprodução de mosquitos.

“O Aedes tem hábitos diurnos, com pico de atividade no meio do dia, ele é escuro e com listras brancas, tendo como meio de reprodução ambientes artificiais com água limpa, e consegue colocar ovos em inúmeros criadouros. Os agentes de endemias estão realizando as visitas e orientando os moradores sobre os cuidados para evitar a reprodução após as chuvas. Esperamos evitar a proliferação dos mosquitos e pra isso contando com a colaboração de todos”, explicou o diretor de Vigilância Epidemiológica, Acácio Andrade. (ascom)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

América Latina: Primeiro caso de varíola do macaco é confirmado na Argentina

O primeiro caso de varíola do macaco foi confirmado na América Latina na sexta-feira (27).…