“Se não houver colaboração, vamos fechar absolutamente tudo”, afirma Rui Costa sobre toque de recolher na Bahia

O governador Rui Costa (PT) alertou sobre o aumento da taxa de ocupação dos leitos de UTI destinados à pacientes com Covid-19. Em enrevista à TV Bahia na manhã desta segunda-feira (22), o chefe do executivo baiano afirmou que caso a população não respeite o toque de recolher em vigência desde a última sexta (19) em várias cidades do estado pode adotar medidas mais duras.

“Todos os leitos estão ocupados neste momento. Se não houver colaboração, adotaremos uma medida mais drástica, fechar absolutamente tudo. Não há como permitir que as pessoas tenham este comportamento indiferente à vida humana”, disse o gestor.

Neste domingo (21), Rui ampliou o horário do toque de recolher, das 20h às 5h, após a taxa de ocupação dos leitos para pacientes com Covid atingir 80%. Além disso, ele incluiu na lista municípios que ficaram de fora com o primeiro decreto.

O governador garantiu maior fiscalização no cumprimento das medidas. “As pessoas não podem se dar ao privilégio de aglomerar em bar e restaurante, e espalhar o vírus por aí. Já solicitei maior rigor da Polícia Militar e da Polícia Civil”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Polícia prende homem com maconha e pedras de crack em Petrolina (PE)

Durante rondas com abordagens no Bairro Idalino Bezerra, em Petrolina (PE), o efetivo poli…